Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

 

EMERGÊNCIA - situação crítica ou perigosa, de surgimento imprevisto e súbito - como manifestação de enfermidade ou traumatismo - com risco de perder a vida, que obriga ao tratamento imediato; e

URGÊNCIA - situação de surgimento imprevisto, como manifestação de enfermidade ou traumatismo, sem risco de vida iminente, que obriga ao tratamento em curto prazo.

 

          O RESSARCIMENTO em caso de emergência ou comprovada urgência ocorre quando a Organização Civil de Saúde (OCS) e/ou Profissional de Saúde Autônomo (PSA), prestador do serviço de urgência ou emergência, não aceitar pagamento por empenho;

          No caso de comprovada urgência ou emergência, o beneficiário poderá ser atendido em qualquer Organização Militar de Saúde (OMS), Organização Civil de Saúde (OCS) e Profissional de Saúde Autônomo (PSA), independentemente de encaminhamento.

          Na localidade em que houver Organização Militar de Saúde (OMS) do Exército, Organização Militar de Saúde (OMS) de outra Força Armada, Organização Civil de Saúde (OCS) ou Profissional de Saúde Autônomo (PSA) conveniados ou contratados, que prestem serviço de urgência e/ou emergência, o beneficiário deverá, preferencialmente, procurá-los, nesta ordem de prioridade.

          Dessa forma, o usuário que necessitar de atendimento de URGÊNCIA/EMERGÊNCIA deverá buscar, nesta sequência de prioridades:

          1) Organização Militar de Saúde (OMS) do Exército;

          2) Organização Militar de Saúde (OMS) de outra Força Armada;

          3) Organização Civil de Saúde (OCS) ou Profissional de Saúde Autônomo (PSA) conveniados ou contratados;

 

     ATENÇÃO! Em uma situação que o beneficiário decida por ir diretamente a um atendimento de EMERGÊNCIA/URGÊNCIA em hospital particular não conveniado ou não contratado pelo FuSEx, para solicitar posteriormente o RESSARCIMENTO, a situação de EMERGÊNCIA/URGÊNCIA deverá ser confirmada por médico militar, e ainda obter o parecer favorável pela Divisão Técnica de Saúde, do Escalão de Saúde do Comando da 3ª Região Militar.  Caso o médico militar não confirme a situação de EMERGÊNCIA/URGÊNCIA, e/ou a Divisão Técnica de Saúde seja DESFAVORÁVEL, o beneficiário NÃO SERÁ RESSARCIDO do valor pago.

registrado em:
Fim do conteúdo da página